[DOWNLOAD] Planilha: Como criar um plano de estudo matador para concursos

como montar um pano de estudo

Uma das mensagens que eu mais recebo diariamente é de pessoas querendo saber como criar um plano de estudo para concursos de forma inteligente e eficaz.

Vendo essa dificuldade geral eu até me identifico bastante, pois quando eu comecei não foi nada fácil. Eu até tinha aquela disposição, mas me sentia bem perdido sobre o que fazer, em que ordem fazer e como fazer.

Eu sentia como se tivesse uma energia dentro de mim que eu não sabia como aproveitar.

Pior era quando eu me perguntava se eu estava evoluindo e como resposta tinha a sensação que estava nadando em círculos.

Bem, é fato que esse não era um problema só meu e dos concurseiros que me acompanham. Milhares de concurseiros não sabem criar um plano de estudo e acabam estudando aleatoriamente o que vem na cabeça.

Isso é um grande problema, pois reduz drasticamente as chances de aprovação em um concurso público.

Para saber se você também passa por esse problema vamos responder 3 perguntinhas simples:

  • Você perde tempo diariamente pensando sobre o que deve estudar no dia (e às vezes acaba não estudando nada)?
  • Você por vezes sente aquele medinho de estar estudando demais um assunto que talvez nem caia na prova e ter todo seu tempo perdido?
  • Você sente falta da época da escola e faculdade, quando seu professor falava exatamente o que estudar e por qual material?

Se você respondeu sim para as 3 perguntas saiba que tudo que você precisa é da planilha de estudos para concursos que vou disponibilizar gratuitamente para você ainda nesse artigo! 🙂

Com ela você vai montar um plano de estudo matador que vai servir como um caminho bem definido a seguir para guiar toda sua preparação.

Além disso, você vai poder optar por escolher entre 2 tipos de cronograma de estudo bastante difundidos entre gurus de concurso por aí.

Aquele que você optar vai depender muito do seu perfil pessoal e da sua rotina, mas não se preocupe se você estiver na dúvida. Mais adiante vou te dar um ótimo bizu que pode ajudar na sua decisão!

Agora uma ressalva importante…

Talvez você seja um daqueles concurseiros que acreditam que um bom plano de estudo é desnecessário, que é perda de tempo e que o ideal é já começar estudando rápido feito um cavalo desembestado (aposto que não!).

Então vamos começar bemmm pelo começo…

Nesse artigo você verá:

  • Por que criar um plano de estudo vai te ajudar a ser aprovado;
  • Como deve ser seu plano de estudo para concursos;
  • Como preencher a planilha de estudos para concursos;
  • Cronograma de estudo fixo;
  • Cronograma de estudo aberto – Estudo por ciclos; e
  • Bizu: Qual cronograma de estudo escolher.

Baixe já a Planilha de Estudos do Engenheiro Concurseiro e vamos nessa que o assunto é importante…

 

Por que criar um plano de estudo vai te ajudar a ser aprovado

por que planejar seu estudo

Me diga uma coisa…

Em qual das duas situações acima é mais provável que você chegue ao seu destino mais rápido: na primeira ou na segunda?

É obvio que na primeira, não é?

Afinal de contas, nela você tem um caminho definido, claro e simples a seguir.

Fazendo uma analogia, isso é exatamente o que acontece durante preparação para concursos quando você tem um plano de estudo a seguir.

Ele é o seu caminho, o seu guia!

Caso o carro da figura 1 comece a ir demais para esquerda o condutor vai perceber imediatamente, por que ele vai facilmente observar que está saindo da sua estrada, a sua rota. Isso é um fato!

O mesmo acontece quando você estiver estudando…

Se você planejou estudar sobre o Estatuto da Cidade, mas ao invés disso começou a ler sobre licitação e contratos você vai perceber que está fugindo do seu próprio caminho, pois você tem um plano bem definido.

Isso o impede muitas vezes de estudar demasiadamente aquele assunto que você ama e esquecer aquele conteúdo que você é mais fraco. Um grave problema.

Agora imagine o condutor da figura 2…

Para onde ele vai?

A direção está correta?

Será que está na hora de fazer uma curva à direita?

Acontece exatamente a mesma coisa com aquele concurseiro que vai estudando aceleradamente sem nenhum cronograma, sem um plano, sem uma planilha de estudos.

Ele vai engolindo matéria após matéria, não prioriza seu estudo e acaba chegando à prova sendo expert em um assunto e não sabendo nada de outros.

Resultado: mais uma reprovação.

Por isso vale a pena gastar 1 ou até mesmo 2 dias montando sua programação, mesmo que você esteja “perdendo” esses dias.

Ao decorrer da sua preparação você vai recuperar esse tempo rapidamente com alto rendimento.

Bom…acho que ficou clara a importância em se fazer um planejamento.

Agora vamos esclarecer outro ponto muito importante…

Como deve ser seu plano de estudo para concursos

O seu planejamento não deve ser assim...

Ok, agora você já sabe que deve ter um plano inteligente com uma planilha de estudos e um cronograma racionalizado, mas como ele deve ser?

Vamos combinar…de nada adianta ter uma planilha preenchida com um plano super complexo se a gente não conseguir cumprir.

É como no caso da figura acima: o caminho existe e está claro, mas ele é simples? Você vai conseguir percorrê-lo sem dificuldades?

Por isso, elaborei a planilha de estudos de forma bem sucinta para que atenda ao nosso objetivo sem complicar nossa vida, mas sim simplificar!

Informações demais não vão agregar valor aqui.

Então se você ainda não baixou a Planilha de Estudos do EC ainda recomendo que o faça agora através  desse link .

Agora vamos seguir para seu preenchimento, você vai ver como é simples…

Como preencher a planilha de estudos para concursos

como montar o plano de estudo

Você deve saber que um dos passos mais importantes durante a preparação de um concurseiro é definir quais assuntos são mais importantes e prioriza-los.

Sendo assim, esse vai ser nosso primeiro passo do nosso plano de estudo.

Você pode fazer isso clicando na primeira aba (assuntos a serem estudados) da nossa planilha de estudos, conforme imagem abaixo.

aba1 da planilha de estudos EC

Concluída essa etapa vamos passar para a aba 2 do Excel (rotina semanal)…

Nela você vai preencher sua rotina semanal inteira. É importante ressaltar aqui que você vai inserir os dados baseados em uma semana típica.

É claro que uma vez ou outra temos eventos extraordinários no meio da semana ou em qualquer outro dia, mas lembre-se que você não vai levar isso em consideração nessa aba, ok?

Simplesmente preencha os horários de dormir, almoçar, jantar, responsabilidade, etc.

Essa etapa é muito importante, pois evidencia todos os horários que você tem livre para estudar, horários que não há nenhuma outra tarefa importante a fazer.

Muitas vezes nos surpreendemos ao preencher essa aba do plano de estudo porque nos damos conta de quantas horas temos para estudar e de quanto tempo perdemos com atividades improdutivas.

Feito isso, você agora já tem informações suficientes para montar seu cronograma de estudo. Para isso, temos as duas abas restantes: cronograma fixo e cronograma aberto.

planilha fixo ou aberto

Você só deve preencher uma delas, pois ambas atendem ao mesmo propósito (estudar de forma orientada) seguindo caminhos diferentes.

Vou fazer uma breve explicação sobre cada tipo de cronograma para seu plano de estudo e ao final você deve escolher o que se aplica melhor ao seu perfil.

Sua escolha vai ser muito importante, então veja os próximos tópicos com calma.

Cronograma de estudo fixo

plano de estudo com cronograma fixo

Esse talvez seja o tipo de cronograma que você está mais familiarizado. Mas você sabe como preenchê-lo?

Bom, a princípio você vai pegar suas semanas de um determinado mês e vai pré-determinar quais sãos os assuntos que serão estudados nos seus horários vagos levando em consideração a sua rotina semanal e também os eventos esporádicos.

É basicamente um ctrl C/ ctrl V na aba 2 da sua planilha de estudos, mas nesse caso você vai inserir datas e assuntos a serem estudados baseado na aba 1 do seu planejamento em Excel.

Faça uma boa análise e preencha seu cronograma em uma base bi-semanal. Esse é o período ideal para você não perder o controle do seu planejamento e estar sempre ajustando-o de acordo com a sua evolução.

photodune-6535034-sign-s

  • Vantagens do cronograma fixo: plano de estudo mais detalhado que o força a estudar nos horários pré-determinados;
  • Desvantagens: necessidade de replanejamento ou adiamento em caso de evento extraordinário no horário programado para estudar.

Cronograma de estudo aberto – Ciclo de estudos

planilha de estudo com cronograma aberto

Esse é um “novo” tipo de cronograma de estudos que vem fazendo sucesso entre muitos concurseiros e que é totalmente diferente do cronograma fixo.

Através do ciclo de estudos você não vai cravar exatamente que horário você vai estudar o assunto resistência dos materiais ou administração de obras, por exemplo…

Nele você vai simplesmente determinar a ordem de matérias a serem estudadas e estuda-las de acordo com sua disponibilidade.

Ao concluir as matérias você pode optar por repeti-las, “girando” o ciclo, ou realizar um novo plano de estudo.

Vou citar um exemplo para você entender melhor:

Vamos supor que você tenha que estudar Resistência dos Materiais, Administração de Obras, Mecânica dos Solos, Fundações, Materiais de Construções e Português.

Você já determinou a importância de cada matéria agora é hora de formar o ciclo de estudos levando em consideração a priorização.

Através da sua análise sobre um concurso e banca X você montou o seguinte ciclo:

Resistência dos Materiais (2h) → Mecânica dos Solos (45 min) → Administração de Obras (1h) → Português (1h e 30 min) → Fundações (45min) → início…

Pronto, esse é o seu plano inicial.

Isso significa que seu ciclo de estudos tem uma duração total de 6 horas. Ao final desse período você vai recomeçar pela matéria resistência dos materiais.

Você pode perceber que algumas matérias estão com mais tempo de estudo do que outras…

É aí que está ocorrendo a priorização. Isso vai variar de concurso para concurso e de pessoa para pessoa.

Algumas dúvidas que eu já prevejo que irão ocorrer:

  1. Você não precisa e não deve fechar o ciclo de estudos numa sentada só (nesse caso, estudar as 6 horas seguidas);
  2. Não há horário pré-determinado para estudar, o importante é seguir a sequência no seu tempo disponível;
  3. Sim, você pode dividir o tempo de uma só matéria em mais de uma sessão de estudo. Apenas siga a sequência;
  4. Você pode estudar duas matérias em uma sessão de estudo caso o tempo da primeira termine;
  5. Não recomendo sessões de estudos inferiores a 45 minutos quando o intuito for aprender, se for para revisar tudo bem;
  6. Não recomendo sessões superiores a 3 horas em uma mesma matéria;
  7. Evite ciclo de estudos superior a 10h, o interessante é rodar as matérias;
  8. Você não deve manter o mesmo ciclo de estudos do início ao final da sua preparação, o seu plano de estudo deve ir mudando de acordo com o seu desempenho em exercícios e simulados;
  9. Você pode repetir uma mesma matéria dentro e um ciclo.

photodune-6535034-sign-s

  • Vantagens do cronograma aberto: seu estudo se adapta a sua rotina e seus imprevistos, não o contrário;
  • Desvantagens: programação de estudo mais vaga quando comparado com o cronograma fixo.

Nota: Caso você queira saber mais sobre ciclo de estudos você pode beber direto da fonte e conhecer o site do Alexandre Meireles, ele é simplesmente o cara que mais difundiu esse método no Brasil.

O link do site do Alexandre é esse aqui. Baixe o manual do concurseiro que lá ele explica em mais detalhes (e você aproveita e baixa uma das apostilas mais famosas da internet).

Bizu: Qual cronograma de estudo escolher?

Seu tipo de cronograma

Antes de tudo quero deixar bem claro que essa é uma decisão pessoal, assim como também é a elaboração do seu plano de estudo.

O que eu vou fazer aqui é te dar uma mãozinha caso você esteja muito indeciso.

No primeiro caso, o cronograma fixo, você tem um plano de estudo bastante engessado, pouco flexível.

Isso o obriga a cumprir o horário pré-estabelecido, caso contrário você vai sentir sentimento de culpa, o que nessa circunstância é até bom (caso você não esteja cumprindo por estar realizando atividades desnecessárias).

No segundo caso, o cronograma aberto (ciclos de estudo), você tem uma rotina mais aberta, um plano de estudo que se adapta ao seu dia a dia e não te gera desconforto em caso de imprevistos que fogem ao seu controle.

Feitas as devidas considerações meu conselho é:

  • caso você seja uma pessoa muito disciplinada ou tenha uma rotina diária muito variável opte pelo cronograma de estudos aberto, agora…caso você tenha problemas em manter a disciplina e tenha uma rotina regular opte pelo cronograma de estudos fixo.

Por quê?

Falando de forma bem simplificada, uma pessoa focada não vai ter problemas em manter uma rotina de estudo mais aberta, porque ela sempre vai aproveitar todo tempo que tiver disponível para estudar…

Já uma pessoa sem muito foco vai precisar de uma “rédea” para se manter nos trilhos. Essa rédea é o cronograma fixo.

Com relação a rotina é autoexplicativo. Uma pessoa com uma rotina que muda a cada semana vai ter mais dificuldades em manter um plano de estudo com cronograma fixo.

Nota: incluí algumas informações em vermelho somente para ilustrar melhor o preenchimento da planilha de estudos, são exemplos genéricos e você pode apagar essas informações.

Conclusão

plano de estudo concluídoÉ isso.

Espero que você saia desse artigo sabendo que você deve elaborar um plano de estudo determinando os assuntos a serem estudados e sua importância, o seu tempo disponível e montando um cronograma de estudos.

Agora você tem a arma e todas informações necessárias para isso.

Lembre-se de baixar sua planilha de estudos clicando no botão abaixo para começar a colocar tudo que você viu aqui em prática agora mesmo.

 

Fazendo isso não tenho dúvida que seu rendimento vai aumentar brutalmente e que você vai se tornar um candidato casca grossa para seus concorrentes.

Para um artigo mais completo que ensina além do planejamento você deve checar o meu artigo mais visto do EC. Nele eu ensino de forma detalhada em 7 passos como eu consegui ser aprovado no concurso da Petrobras estudando menos de 3 meses.

É um excelente complemento para esse artigo.

 

Agora me diz uma coisa…

Ficou alguma dúvida? Comente abaixo!

Ajude o EC a crescer compartilhando esta página nos botões de redes sociais ao lado ou abaixo! Leva menos de 10 segundos e você vai contribuir com a propagação de um conteúdo de qualidade. :)

Inscreva-se na lista abaixo para receber conteúdos com dicas avançadas e restritas em primeira mão!

Siga firme!

 

Summary
Review Date
Reviewed Item
Planilha de estudos para concurseiros
Author Rating
51star1star1star1star1star
  • Marcel Maranhão

    Participe!

  • Rubens

    Valeu, querido!
    Ficou muito boa sua planilha!

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Rubens,

      Que bom que gostou da planilha!

      Grande abraço.

  • Janaina Costa

    Maravilhoso!
    Vou montar meu plano de estudo agora. Estou precisando me organizar mais…
    Obrigado

    • Henrique

      Essa planilha ficou bem legal mesmo.
      Você estuda pra qual área?

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Janaina,

      Legal. Depois me conta como ficou!

      Montar um plano de estudo é melhor maneira de ter organização nos estudos,

      Grande abraço.

  • Henrique

    Marcel, com quanto tempo devo criar um novo ciclo pro meu plano de estudo?
    Parabéns amigao, a planilha ficou bem legal!
    Abraço.

  • Concurseiro Silva

    Minha dúvida é a seguinte…
    Sabemos que um concurso tem por volta de 30 matérias (hidráulica, hidrologia, fundações, análise orçamentária, solos, terraplenagem…), como montar um ciclo de menos de 10h, estudando pelo menos 45min cada matéria?

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Silva,

      Você pode (e deve) criar mais de 1 ciclo de estudos ao decorrer da sua preparação.
      Não é necessário que todas as matérias sejam estudadas logo no primeiro ciclo…
      Estude a prova do seu concurso e faça sua priorização baseado no número de questões por assunto (em média) e seu nível de conhecimento.
      Questões com pouca importância e que você conheça bem podem ser estudadas somente lá pelo 3º ou 4º ciclo. Esse feeling depende somente de você.

      Outro ponto, como eu disse, revisões podem ocupar menos de 45min em seus ciclos de estudo. Dessa forma você consegue encaixar mais matérias.

      Espero ter ajudado.

      Grande abraço!

      • Concurseiro Silva

        Ajudou sim. Obrigado

  • Douglas Aragão

    Bom eu estou montando o meu plano de estudos, mas eu estou, creio eu, sem um horizonte a médio prazo sobre qual foco ter, se vou estudar o básico dos tribunais, ou se foco no DNIT e ANTT, por exemplo, que estão arquivados e não se tem previsão. Eu estou estudando, mas estou sem rumo. Alguma indicação?

    • Engenheiro Concurseiro

      Você tem que definir um alvo.
      Estudar apenas por estudar, sem um concurso em mente, torna mais difícil a tarefa de conseguir uma aprovação.
      Imagine só…o assunto contemplado no edital dos concursos por aí já são amplos, agora imagine se você juntar todos os editais de todas os concursos da sua área. Você vai acabar não se preparando para nada.

      Foque em um único concurso ou, no máximo, em cargos com atribuições parecidas (da mesma banca).
      Assim você anda em linha reta rumo a sua aprovação.

      Agora, se o seu concurso pretendido não tem perspectiva ALGUMA de ser lançado e você realmente precisa começar a ter uma fonte de renda considere tentar um concurso escada. De preferência da mesma banca do seu concurso alvo, é claro.

      O importante no final das contas é que você tenha uma meta, faça um plano de estudo e estude para ser aprovado nessa meta específica. Estudar por estudar e sem um alvo não vai te ajudar em nada (e ainda corre o risco de gerar falta de motivação).

      Grande abraço,
      Marcel Maranhão.

      • Douglas Aragão

        Concordo em todos os pontos.
        Agradeço a atenção.

  • Juninho Cabedo

    MUITO legal tudo isso . não é sempre que encontramos essas dicas assim , de forma livre ! Parabéns Marcel. Agora sobre a planilha, comecei a montar assim como você indica no Curso , elegi as prioridades, agora estou na rotina. mas ai parei , fiquei com duvida em quantas horas colocar de estudo por dia .. 4…5..6 .. tem alguma dica sobre isso ? eu falo assim porque tenho o horario comercial ocupado, so me resta entao a noite para estudar. desde j´, obrigado.

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Juninho,

      Fico feliz em saber que você gostou da planilha de estudos e do site.
      Não existe um número de horas a estudar por dia…você deve estudar o máximo de horas possível de acordo com a SUA rotina.
      Não adianta eu falar que o número é 6h/dias se você não tiver isso disponível.
      Avalie rua rotina, veja o que pode ser cortado e aproveite todas as suas horas…
      Claro que você não deve prejudicar sua alimentação e noites de sono para estudar mais, mas também não pode fazer corpo mole para ver TV ou ficar no celular. 🙂

      Grande abraço!

  • Bernard Maçulo

    Olá Marcel,
    Obrigado pelas dicas e pela planilha!
    Bom, tenho uma dúvida mas não em relação à planilha.
    Estou no oitavo período de engenharia civil e começando a me preparar para a prova da Petrobrás.
    Posso concorrer a vaga antes mesmo de me formar e obter meu CREA?

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Bernard,

      Fico feliz em saber que você gostou da planilha de estudos.
      Você pode concorrer a vaga sim, agora assumir é outra história.
      Para assumir você deve apresentar o CREA, diploma e tudo mais. Estando no último período essas documentações podem ser agilizadas, antes disso é mais difícil.

      Grande abraço!

  • Isac Alves

    Muito bom! Parabéns, Obrigado… ^^ Salvou minha vida!!!

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Isac, bom dia.

      Fico feliz em saber que você gostou da planilha de estudos!

      Grande abraço!

  • Priscila ribeiro

    Marcelo, você acha eficaz estudar pelas antigas provas dos concursos ?

    • Engenheiro Concurseiro

      Oi Priscila, boa tarde.

      Acho sim, e muito! 🙂

      Grande abraço.

  • Mayara

    Eu estava estudando pelo método de ciclo e deu muito certo, passei em primeiro lugar em um processo seletivo de nível superior. Usei um app no celular pra marcar meu tempo de estudo, os assuntos e as disciplinas que estudava e no final do período eu tinha tudo registrado. Além disso, fiz cadastro em um site de questões que foi muito útil. Achei muito legal. Mas agora quero voltar a estudar pra concursos da minha área e to em dúvida se uso o cronograma fixo ou aberto. Pois agora estou ficando o dia todo em casa e confesso que sempre arranjo alguma coisa pra fazer ao invés de estudar.

  • Juliana de Quadros

    Olá, tenho e quanto a prova discursiva, devo colocar na planilha também?

  • Isabella Kyane Nishiyama

    Olá, tenho uma dúvida.
    Como voce acompanhava a abertura dos editais dos concursos?
    Tem algum site que voce recomenda?

  • Raphael Moro Cavalcante Lemos

    Parabéns, amigo. Nobre atitude!