Como O Péssimo Momento Da Economia Pode Aumentar Sua Motivação Brutalmente?

cenário engenhariaMuitos engenheiros recém-formados, em processo de formação ou até mesmo os mais experientes vivem um dilema: prestar concurso público ou seguir na iniciativa privada.

Em boa parte das vezes, eles optam pela segunda opção por acreditarem que não possuem capacidade para serem aprovados em um certame, mesmo que isso seja um sonho. No entanto, há também ocasiões em que esta opção é escolhida pelo fato das pessoas não conhecerem bem as vantagens em ser um concursado.

É sabido que a engenharia do nosso país não está atravessando o seu melhor momento. Demissões estão ocorrendo em massa e várias áreas estão sofrendo no que diz respeito à novas oportunidades de emprego. Até mesmo a engenharia civil, que em geral tem uma maior procura por profissionais, vivencia uma baixa em várias regiões do Brasil. Isso se deve a um fator que a mídia anda dando muita atenção ultimamente: a economia brasileira!

A Economia e a Engenharia


engenharia e a economiaComo você deve saber, a engenharia, em seus vários segmentos (civil, elétrica, mecânica, produção etc), tem seu crescimento diretamente atrelado à economia do país.

O Brasil está em um período de recessão econômica (2015). O PIB não cresce (pelo contrário, a previsão é de retração), o real está desvalorizado e a taxa de juros não para de subir. Para completar, a previsão dos economistas sobre o IPCA, a inflação oficial, já beira os 8,2%, muito acima dos 6,5% definido como teto para o ano de 2015.

Tudo isso influência diretamente no poder de compra do cidadão, reduzindo-o drasticamente. Por consequência, o varejo vive seu pior trimestre em 12 anos e a produção da indústria também cai em boa parte do Brasil.

Isso gera um efeito cascata: menor poder de compra resulta em menos consumo, menos consumo resulta em menos produção, menos produção resulta em redução de efetivo, redução de efetivo resulta em menos oportunidades de emprego para nós e menos oportunidades de emprego resulta em mais miséria.

Por isso tem sido comum nos últimos anos ouvir falar de colegas engenheiros com décadas de empresa que perderam seus empregos e também recém-formados que estão com dificuldade para encontrar uma boa oportunidade ou que estão ganhando salários muito abaixo do piso.

Em virtude deste fato acredito que este é o momento ideal para buscar estabilidade financeira através de um concurso público e não ficar dependendo destes altos e baixos da nossa economia.

Vantagens em Ser Concursado


EstabilidadeMuito embora uma situação econômica ainda mais alarmante do que a atual possa influenciar também na vida dos concursados, todos sabemos que a estabilidade financeira de quem está nessa posição é incomparavelmente maior do que a de quem está na iniciativa privada.

Como conversamos, nos altos e baixos da economia empregos são criados ou demissões são aplicadas, mas quem é servidor ou funcionário público é praticamente alheio a estes acontecimentos que ocorrem ciclicamente durante a história mundial (não apenas no Brasil).

Mesmo em uma fase de superavit econômico, um chefe exigente demais ou com personalidade muito diferente da sua pode acabar te demitindo sem muita justificativa, colocando o seu sustento em risco.

Um concursado não passa por isso.

Eu não preciso me sacrificar diariamente para trabalhar além do que sou pago para ser reconhecido por um chefe arrogante que pode me mandar embora a qualquer momento.

Eu não costumo chegar em casa todo dias às 20 horas (ou até mais tarde) por causa de reuniões que são marcadas em horários fora do expediente ou para fechar relatórios “para ontem”.

Eu sei que quando eu tiver meus 45 anos, 2 filhos e uma casa pra sustentar não vou ter medo de ser mandado embora e ter que me virar para colocar dinheiro dentro de casa para alimentar minha família, pagar colégio e arcar com todos os demais gastos.

Isso me garante uma estabilidade não só financeira, mas também emocional. O stress gerado pela incerteza recorrente consome qualquer ser humano e acaba influenciando não só vida profissional, como também na pessoal.

Sua família agradece!

É valido lembrar também que a estabilidade financeira te permite fazer bons investimentos, te permite arriscar um pouco mais em alguns empreendimentos para obter renda extra. Afinal, você se sente mais seguro para investir 70% da sua poupança, por exemplo, se tiver a certeza que você sempre vai receber um salário mensalmente.

Agora imagine você investindo a maior parte da sua poupança em um novo negócio e ser demitido poucos meses depois. E se o seu projeto não der certo? Você vai ficar de mãos atadas e desesperado!

Por tudo que citei acima considero que ser concursado é uma excelente opção para ter uma boa qualidade de vida. Ter estabilidade financeira, emocional e tempo livre é algo que não tem preço!

É evidente que a carreira no setor privado também possui suas vantagens (salários maiores para os maiores cargos, por exemplo), mas estas me soam menos atraentes se comparado com um empregado ou servidor público.

Vale frisar que a escolha de qual caminho seguir cabe somente a você. O importante é que você persiga aquilo que deseja e não desista por acreditar não ser capaz.

Caso deseje ser concursado, saiba que qualquer pessoa pode ser aprovada em um certame, desde que estude da maneira certa, aplicando os métodos que realmente funcionam.

 

Agora me diz uma coisa…

Ficou alguma dúvida? Comente abaixo!

Ajude o EC a crescer compartilhando esta página nos botões de redes sociais ao lado ou abaixo! Leva menos de 10 segundos e você vai contribuir com a propagação de um conteúdo de qualidade. :)

Inscreva-se na lista abaixo para receber conteúdos com dicas avançadas e restritas em primeira mão!

Siga firme!

 

  • Marcel Maranhão

    Participe!

  • Felipe Augusto

    Concordo com tudo que você escreveu. Tenho um amigo que se formou em engenharia civil há 15 anos atrás e por falta de oportunidade acabou fazendo direito para poder prestar concurso público!
    Tudo indica que a engenharia vai viver uma má fase nos próximos anos novamente!

    • Engenheiro Concurseiro

      Concordo contigo.
      Como eu disse, as duas carreiras possuem suas vantagens, mas viver praticamente alheio a este problemas é bom demais!

      Grande abraço!

  • Itallo Silva

    Concordo plenamente com sua posição, quem é que não prefere ter uma vida estável e viver na segurança sem medo de uma demissão? Sempre tive esse pensamento a cerca sobre concurso público: “a estabilidade”, isso sempre me motivou e um dia irei passar em um concurso!

    • Engenheiro Concurseiro

      Exatamente, Itallo.
      Estabilidade é uma das maiores vantagens para quem quer prestar concurso público.
      É tão bom que custa a acreditar que uma prova bem feita pode te garantir isso pelo resto da sua vida!

      Grande abraço.

  • Fernanda

    Fiquei até assustada…vamos estudar que é melhor!!!

    • Engenheiro Concurseiro

      Fernanda,

      Utilize isso como motivação para estudar cada vez mais! =)

  • Douglas Aragão

    Olá Marcel, Estou com uma preparação já em andamento. Hoje estudo o básico dos direitos e as específicas de engenharia (sou engenheiro também). Mas estou sentido, assim como todos nós, os concursos se esvaindo. Estive conversando com uma servidora do Dnit, por exemplo, e ela me disse que há grande probabilidade de ser adiado devido as restrições orçamentárias.
    Eu nao deixarei de estudar, mas seria melhor ter algo mais concreto pra focar.
    Estou cogitando fazer algum concurso em nível médio para me estabiizar a médio prazo, mas nao sei se valeria a pena.

    • Engenheiro Concurseiro

      Douglas,

      O cenário econômico do Brasil não anda bem, como bem disse no artigo.
      Isso acaba influenciando também na abertura de novos concursos públicos na área da engenharia, fato que torna ainda mais valiosa a posição de quem já é concursado.
      Te aconselho a focar no concurso que você tem o sonho de ser aprovado, mesmo que ainda sem previsão.
      No entanto, a depender da sua situação financeira e de sua motivação um concurso escada pode ser um bom caminho.
      Além do mais, uma aprovação “atrai” como outras. O caminho passa a parecer mais fácil.
      Um ponto que vale ressaltar: se você não trabalha, lembre-se que você terá menos tempo para estudar para outro concurso após aprovado.

      Grande abraço.

    • Daniel

      Douglas,
      Tudo bem?
      Você também se prepara par ao Dnit?
      Eu estou nesse caminho. Estudando o básico de direito. O que atrapalha é a falta de motivação devido a não previsão de concursos.
      Mas vamos continuar nesse ritmo!
      Saudações,

  • Marília

    Não tem como discordar. Trabalho na iniciativa privada e não vejo a hora de passar em um concurso, mas com fé em Deus um dia eu consigo!

    • Engenheiro Concurseiro

      Pois é. Já trabalhei na iniciativa privada também é, embora gostasse bastante do pessoal de trabalho, não via a hora de passar em um concurso!

      Grande abraço.

  • Gustavo

    “Eu não costumo chegar em casa todo dias às 20 horas (ou até mais tarde) por causa de reuniões que são marcadas em horários fora do expediente”
    Falou de mim. Kkkkkk
    Venho me dedicando à concursos públicos há uns 6 meses e achei seu site um verdadeiro achado. Espero ser aprovado em breve para ter mais qualidade de vida…

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Gustavo,

      Continua estudando e usando os métodos corretos que em breve você passa.
      Esse ponto de sempre trabalhar até mais tarde e sem poder recusar (para não ser demitido) sempre me incomodou.

      Grande abraço.

  • Marina

    Oi Marcel.
    Descobri seu site pelo professor Anisio que citou você na nossa aula. Sou formada em Engenharia Civil, 23 anos, e acabei de me desligar do emprego para seguir esse sonho que sempre tive em ser concursada. Estou fazendo o curso do professor Anisio aqui em fortaleza, porém é modular e só ocorre uma vez na semana, comprei também o livro de questões dele e estou resolvendo, que por sinal é MUITO bom. Agora ontem fiquei muito desestimulada ao ser decretado a suspensao dos concursos publicos em 2016 do poder executivo. A maioria dos concursos realmente bons, que pagam bem são os do poder executivo. Queria saber sua opinião a respeito do assunto, se você acha que isso vai ocorrer somente em 2016 ou pode se estender, estou beeem preocupada. Queria também saber se existe algum estadual tao bom quanto os federais.

    Mudando de assunto, li seu post de materiais para concursos. A respeito das normas, você conseguiu as principais aonde? Andei vendo o concurso da petrobras e só o que cai são inumeras normas. Você tem como disponibiliza-las pra gente?

    Fico no aguardo e parabéns pelo blog está incrivel!

    • Engenheiro Concurseiro

      Opa Marina,

      Obrigado pelo elogio.
      Em 2011 a mesma medida foi anunciada e praticamente nada aconteceu.

      O Estado não pode parar. As pessoa vão continuar se aposentando, morrendo, se demitindo e tudo mais.
      Além disso, as estatais estão sendo obrigadas a substituir terceirizados por empregados próprio, o que garante mais contratações via concurso público.

      Meu conselho é que você continue com o foco nos estudos, não desanime e espere as coisas acontecerem.
      Aliás, essa notícia deve desmotivar muita gente. Use isso como combustível para sair na frente da concorrência.

      Esse texto publicado pelo William Douglas em 2011 pode ser tranquilamente replicado para a situação atual. Vale a leitura. (https://www.pciconcursos.com.br/comopassar/a-verdade-sobre-a-suspensao-dos-concursos)

      Sobre as normas…você pode compra-las pelo site da ABNT.
      Mas confesso que com um pouco de pesquisa você pode conseguir pela internet com outros colegas concurseiros.

      Grande Abraço,
      Marcel Maranhão.