Vitamina Para Memória – Existe? Quais São? Onde Encontrar?

Vitamina para Memória: existe mesmo?

como melhorar a memória

Sempre me considerei uma pessoa com uma péssima memória…

Na época de aluno, ao final do dia eu não lembrava de nada que meu professor da faculdade tinha dito na aula, tinha uma dificuldade enorme para memorizar rostos e nomes e sempre esquecia de tarefas que eu tinha prometido para meus pais ou para minha namorada.

Esse problema me incomodava muito e fez com que eu me interessasse e pesquisasse profundamente sobre técnicas de memorização, vitaminas para estudar melhor e tudo mais que fosse necessário para responder a pergunta do início desse artigo. Principalmente após perder o meu primeiro concurso no início de 2012, o da Petrobras Distribuidora.

Essas pesquisas resultaram em uma série de ações minhas que, de fato, melhoraram substancialmente minha capacidade de memorização.

Dessa série de ações, nesse artigo vou focar em apenas um ponto: alimentação.

Afinal, vitamina para memória existe mesmo?  É possível melhorar a capacidade de memorização através da alimentação?

A resposta é sim, e eu posso afirmar seguramente que a mudança no meu consumo diário de vitaminas boas para memória foi determinante para eu conseguir memorizar milhares de informações e ser aprovado nos concorridos concursos da Petrobras e CEF…

O que foi surpreendente para mim, porque, como eu falei, eu sempre tive uma péssima memória para estudar!

Bom, sem mais delongas, siga comigo nesse artigo para você descobrir quais são as vitaminas boas para memória que você deve incluir na sua dieta. 🙂

A Importância da Alimentação para Memória

Vitaminas importantes para memória

Pouca gente sabe, mas assim como uma má dieta pode fazer você engordar, ficar sem energia ou até mesmo doente, você também pode ter perdas de funções cognitivas caso não consuma alimentos bons para memória ricos em vitamina.

Afinal, a sua mente faz parte do seu corpo, então é óbvio que sua alimentação interfere nas suas capacidades e pode estar prejudicando seu desempenho.

Para se ter uma noção, embora nosso cérebro pese, em média, apenas 2% de nosso peso total ele consome mais de 20% das nossas calorias ingeridas, sendo assim o órgão que mais demanda energia em nosso corpo.

Para funcionar adequadamente ele precisa de seu principal combustível que alimenta os neurônios cerebrais: a glicose. Sua ausência (hipoglicemia) compromete nossa concentração, atenção e raciocínio lógico.

Sinceramente, eu acho simplesmente incrível que a gente possa melhorar nossa capacidade de memorização pelo simples fato de realizar ajustes na nossa alimentação.

Afinal de contas, nos já nos alimentamos todos os dias. Não é necessário fazer nada de novo!

Voltando ao cérebro, para alimenta-lo bem você deve buscar fontes de carboidratos complexos, que devido a sua digestão lenta fornecem energia constantemente, auxiliando assim na concentração e memorização. São boas fontes desse tipo de carboidrato as frutas, legumes, cereais integrais, pão integral e arroz integral.

O ideal é que você consuma moderadamente esses alimentos em todas as refeições do dia.

Além da glicose, existem alguns nutrientes que se consumidos regularmente vão melhorar a memória significativamente. Vou listá-los abaixo:

Nutrientes bons para memória

  • Ômega 3: O ômega 3 é um ácido graxo que faz parte da estrutura do cérebro e promove a comunicação entre as células nervosas. Ele ajuda o cérebro a monitorar o humor e também a memória e concentração (fontes: quinoa, linhaça, chia, peixes como atum, salmão, cavala e arenque);
  • Zinco: regula e protege os neurônios contra os radicais livres, colaborando assim para a troca de informações entre eles e formação de novas memórias (fontes: carnes vermelhas, ovo, ostra, fígado);
  • Selênio: auxilia no bom funcionamento cerebral e transmissão de informação entre neurônios (fontes: castanha-do-pará, nozes, avelãs, alho, frutos do mar, abacate);
  • Fisetina: permite que as memórias sejam armazenadas com mais facilidade, faz com que o cérebro estabeleça conexões mais fortes entre os neurônios e reduz o esquecimento (fontes: frutas vermelhas, kiwi, uva, tomate, cebola, maçã);
  • Colina: estimula a memória, melhor aprendizado e saúde mental. Além disso, a colina proteger as células do cérebro contra o envelhecimento (fontes: ovo, fígado, couve-flor, alface, legumes, nozes).

Vitamina para memória – quais são e onde encontrarvitamina para memória

Como você já deve ter percebido, não existe apenas uma vitamina boa para memória. Várias delas vão ter influência no seu corpo para você ter uma melhor capacidade de memorização e concentração.

Segue abaixo lista das vitaminas importantes para quem está com problemas de memorização:

  • Vitamina B1: possui um papel essencial no metabolismo dos carboidratos que são fontes de energia para as células cerebrais (fontes: aveias, sementes de girassol, levedura);
  • Vitamina B3: uma importante vitamina que auxilia no desenvolvimento da memória, além de combater o stress (fontes: legumes, carnes, levedura, produtos de trigo integral);
  • Vitamina B6: vitamina essencial para a produção de neurotransmissores, importantíssimo para o funcionamento do nosso sistema nervoso central (fontes: fígado, carne vermelha, vegetais verdes, grãos integrais);
  • Vitamina B12: corrige deficiências cerebrais que comprometem as funções cognitivas do cérebro, inclusive a memória (fontes: carne, peixe, ovo, leite, queijo).
  • Vitamina C: além de antioxidante, participa na atividade química dos neurônios, sendo assim uma importante vitamina para memória e concentração (fontes: frutas cítricas, kiwi, caju, goiaba, legumes, verduras);
  • Vitamina E: a vitamina E é um ótimo antioxidante que combate os radicais livres e sua ausência provoca alterações neurológicas que podem acarretar em falta de concentração (fontes: azeites vegetais, verduras, cereais);

Caso você não tenha muito tempo para planejar (e realizar) uma boa dieta, uma excelente opção é investir em um complexo vitamínico que junte todas as vitaminas para memória citadas acima em um só comprimido. Isso vai facilitar sua vida.

Eu mesmo ingiro um diariamente. Atualmente estou utilizando um que comprei nos EUA ano passado (foto abaixo) e que funciona muito bem comigo.

vitamina-para-estudar-concurso

Quando ele acabar possivelmente irei voltar para o NZT Pro, um complexo vitamínico nacional que eu resolvi experimentar após ver um monte de gente falando bem dele.

Gostei bastante dos meus resultados, principalmente pelo fato de o produto ser focado em ter as vitaminas certas para melhorar a memória, concentração e foco, além de ter uma garantia de satisfação 30 dias, o que é muito difícil de encontrar sem que tenha uma pegadinha nas letras pequenas.

Nzt Pro - vitamina para estudar melhorNOTA: já recebi várias vezes questionamentos de pessoas perguntando se Pharmaton é bom para estudar para provas (se melhora o desempenho), mas sinceramente nunca utilizei para responder.

Bom, agora você já sabe…uma simples regulagem em sua alimentação pode fazer com que você consiga melhorar sua capacidade de memorização sem muito esforço.

Converse com um bom nutricionista e solicite uma sugestão de dieta saudável que inclua ômega 3, colina, fisetina, zinco, selênio e todas as vitaminas importantes.

Se você deseja economizar tempo apele para um complexo inteligente de vitaminas, como o NZT Pro.

É um investimento que vale a pena, pois seu rendimento físico e mental vai melhorar incrivelmente.

 

Agora me diz uma coisa…

Ficou alguma dúvida? Comente abaixo!

Ajude o EC a crescer compartilhando esta página nos botões de redes sociais ao lado ou abaixo! Leva menos de 10 segundos e você vai contribuir com a propagação de um conteúdo de qualidade. :)

Inscreva-se na lista abaixo para receber conteúdos com dicas avançadas e restritas em primeira mão!

Siga firme!

Summary
Review Date
Reviewed Item
Vitamina para memória, complexo vitamínico
Author Rating
51star1star1star1star1star
  • Marcel Maranhão

    Participe!