Os 10 Erros Que Você Deve Evitar A Todo Custo Para Ser Aprovado No Próximo Concurso

erros concurso público

Ser aprovado em um concurso público exige muita dedicação.

Você sabe: são centenas de horas de estudo, pressão psicológica e várias ausências em programas com amigos e familiares…

Atualmente milhares de concurseiros estão dispostos a abrir mão de quase tudo para focar totalmente em ser aprovado em uma prova.

E isso faz com que a concorrência venha aumentando ano a ano.

O grande problema é que a maioria dos concurseiros não sabe como estudar, o que faz com que os mesmos acabem apenas desperdiçando seu precioso tempo, dinheiro e energia.

Isso significa que você pode até ser bastante dedicado, mas caso não se prepare da forma correta sua aprovação não virá…

Praticamente todo concurseiro que ainda não foi aprovado comete um ou outro erro ao estudar e isso resulta em milhares de reprovações todos os anos.

Eu mesmo cometi diversos ao me preparar para o meu primeiro concurso e isso me custou caro.

Mas a boa notícia é que com alguns simples e eficazes ajustes é possível reverter essa situação e antecipar rapidamente uma aprovação.

Nesse artigo vamos listar os 10 erros mais comuns cometidos pelos concurseiros que não são aprovados que você deve evitar a todo custo.

É bastante provável que você esteja cometendo ao menos um deles. 🙂

Também vamos aprender a corrigi-los para você aumentar expressivamente suas chances de ser aprovado no próximo certame.

Siga comigo…

#1 Estudar apenas em horas cheiasRelógio

Muita gente não se dá conta, mas este é um erro que é cometido por cerca de 90% dos estudantes (por baixo) e que atrapalha demais qualquer candidato.

Admita: você não espera dar uma hora cheia ou metade de uma hora para começar a estudar? (exemplos: 14:00, 14:30, 15:00, 15:30,…)

Para a grande maioria das pessoas a resposta será SIM!

Sabe por que esta bobagem é um erro que pode acabar com sua produtividade?

Vamos imaginar uma situação.

Você planeja começar a estudar pela noite às 19:30.

O plano é o seguinte: você vai jantar às 18:30, termina às 19:00, descansa um pouco a barriga e se atualiza na internet até as 19:30 e daí começa a estudar.

Acontece que a janta atrasou um pouco e você só termina de atualizar-se na internet às 19:37.

O que você faz? Começa a estudar nessa mesma hora, não é?

Para a grande maioria das pessoas a resposta será NÃO!

Você vai esperar dar 20:00 para iniciar os estudos (“Ah…Quando fechar 20 horas eu começo”).

E se alguém te pedir um favor e você só terminar a ajuda às 20:13?

O começo do estudo vai ser adiado para às 20:30.

Bom, você já deve ter percebido a grande perda de tempo que é começar a estudar apenas em horas fechadas. Esse comportamento pode comprometer até uma hora de estudo do seu dia!

Ele serve como uma ótima desculpa para você procrastinar sua iniciativa.

Por isso, a pequena mudança que você deve fazer para gerar uma grande diferença em seu aproveitamento das horas disponíveis para estudo é:

Não olhe para o relógio antes de começar a estudar, simplesmente comece e cumpra a sua meta diária.

Mude sua referência. Não pense: “Eu estudei das 19:30 às 21:30”; pense que você estudou por 2 horas!

Não se baseie pelas horas do dia, mas pelo tempo de estudo.

Cumpra seu planejamento!

#2 Não fazer uma síntese do que foi aprendidoResumo

Não há forma melhor de memorizar de forma duradoura do que revisando.

E não há forma melhor de revisar do que resolvendo exercícios e revendo suas sínteses!

Guarde isso para você.

Sempre que você estudar algum assunto, ler algum material ou até mesmo resolver um exercício você deve fazer uma síntese.

Pode ser um resumo escrito, um mapa mental (não pense que isso não se aplica para nós, engenheiros), um diagrama ou até mesmo grifar palavras.

É um erro abissal fazer revisões relendo todo o material de estudo outra vez. Não cometa este “crime”.

Sínteses tem duas grandes e essenciais vantagens:

  1. Estrutura suas ideias do que foi aprendido, ou seja, organiza o pensamento (aprendizado e fixação); e
  2. Poupa um imenso tempo nas revisões (produtividade).

Lembre-se: após concluir o estudo de um material você tem a obrigação de fazer uma síntese.

#3 Não resolver provas anterioresProva Antiga

Por incrível que pareça, há concurseiros que se preparam para sua prova sem realizar provas anteriores do concurso.

Pior ainda é a justificativa mais recorrente: medo de se sair mal!

Engraçado, não é?

As pessoas que tomam esta atitude preferem ver que se saíram mal justamente na hora decisiva. Na prova que pode mudar suas vidas. Desperdiçando, assim, uma grande chance.

Não cometa este grande erro.

Resolva com frequência provas antigas do seu concurso. De preferência toda semana, repetindo mesmo.

Simule as condições de uma prova.

Resolva-as sem fuçar materiais e tentando não extrapolar o limite de tempo que você terá no dia D.

A melhor hora de identificar seus erros é enquanto você se prepara. Assim você consegue corrigi-los e vai chegar detonando na sua prova!

Você pode baixar as provas anteriores dos concursos mais desejados de engenharia (e também ver informações adicionais como salário, critério de classificação,…) nesse link.

#4 Não Fazer Pausas Durante O Estudodescanso

Um erro comumente cometido pelos concurseiros menos experientes é tentar estudar por 3 ou 4 horas seguidas sem parar.

Infelizmente, não é possível estudar com compreensão por todo este tempo sem fazer algumas pausas (pelo menos para nós que não somos gênios).

Pelo contrário, dessa forma você vai reduzir drasticamente seu aprendizado e vai acabar se prejudicando…

Para piorar, você vai achar que está fazendo um bom serviço estudando por todo este tempo ininterrupto e não vai identificar o erro.

Tudo que você estudar entre a 2º e a 4º hora vai estar com o aprendizado altamente comprometido.

As pausas são muito importantes.

Com elas você mantém a disposição e motivação para continuar estudando.  A tarefa se torna menos monótona.

Afinal de contas, mesmo a melhor atividade do mundo pode se tornar entediante após quatro horas seguidas sem descanso.

Você deve relaxar sua mente, deixar que as ideias se formem em sua cabeça enquanto você repousa um pouco.

Estressando-se você vai render muito menos. Cuide muito bem da sua cabeça para que você possa tirar o máximo proveito de todo seu potencial.

O ideal é que você faça uma pausa de 10 minutos a cada, no máximo, uma hora e meia. Também é recomendável que você não faça pausas em intervalos inferiores a 45 minutos, pois assim você pode quebrar seu raciocínio ou sair do estado de fluxo.

Ao estudar você está “malhando” seu cérebro, e, assim como na academia, após realizar um exercício você deve repousar antes de repeti-lo. É assim que você deve fazer se deseja obter melhores resultados em compreensão e fixação!

#5 Estudar para vários concursos ao mesmo tempoDollarphotoclub_cut

Como diz o velho ditado: melhor um pássaro na mão do que dois voando.

Este ditado é perfeito para esta dica e eu já poderia parar por aqui.

Não seja um concurseiro franco-atirador!

O porquê disso é óbvio: você só deve mirar um objetivo por vez!

Quem quer tudo acaba não conseguindo nada. É preciso ter foco.

Quem tenta se preparar para todos os concursos que aparecem não está pronto para nenhum deles.

Escolha um concurso que você deseja realmente passar e concentre todas suas energias somente nele. Assim você antecipa sua aprovação.

Lembre-se, mais uma vez: melhor um pássaro na mão do que dois voando!

#6 Pensar na concorrênciaConcorrência

Há quem escolha concurso pensando na concorrência, na relação candidatos/vaga.

Isso é uma grande besteira.

Como (nem) todo mundo sabe o que interessa de verdade é a nota de corte. Mesmo que a concorrência seja 10/1 ou 1000/1.

Esteja preparado para fazer uma pontuação acima da nota de corte e não se preocupe com nada além disso.

Tenha em mente que seu maior concorrente é você mesmo.

Existe um diabinho dentro de você que te chama para beber uma cervejinha, que te distrai com uma mancha na parede enquanto está lendo, que te lembra que seu seriado favorito está começando, que fala para você pegar seu celular e olhar suas notificações, que te lembra que vai começar a rodada do Brasileirão…

É ele quem você deve superar para ser aprovado.

Faça o seu dever de casa que tudo vai dar certo!

É incrível como alguns concurseiros perdem horas e horas pensando no tamanho da concorrência.

“Joãozinho também vai fazer a prova. Uma vaga já é dele!”

“A concorrência está muito grande. Sem chances para mim…”

“Estou começando a estudar agora, tem gente por aí que já estuda a anos…”

Utilize todo este tempo perdido para fazer algo produtivo: estudar!

#7 Não ler o edital do concursoEdital

Assim como não gostamos de ler manuais e guias também não gostamos de ler editais.

Geralmente pulamos para as partes do salário, do conteúdo pragmático, número de vagas e data da prova.

Dessa maneira, você pode perder dados valiosíssimos sobre seu certame.

No edital você encontra todas as informações essências para o candidato e que podem, inclusive, influenciar no seu planejamento.

Escrevo abaixo mais alguns pontos que devem ser observados:

  • Critérios de peso: questões específicas possuem o mesmo peso que questões básicas (português, informática, lógica, inglês,…)?
  • Critérios de classificação: a pontuação é calculada considerando-se toda a prova ou apenas as questões específicas?
  • Critérios de eliminação: você pode zerar algum bloco? Qual a pontuação mínima para não ser eliminado?
  • Critérios de desempate: o que vai desempatar? A pontuação nas matérias específicas? Ou em lógica (por exemplo)?
  • Lotação das vagas: você está disposto a morar do Oiapoque ao Chuí? Fique atento a isso.
  • Requisitos mínimos: exige que você tenha experiência profissional prévia? Alguma pós-graduação? A Petrobras, por exemplo, já abriu em um passado não muito distante um concurso com cargos para engenheiros plenos, que exigia experiência prévia de alguns anos na carteira de trabalho. Não seja aprovado no concurso para depois descobrir que não pode assumir a vaga.

Estas informações influem em toda sua preparação.

Por exemplo: se os blocos de matérias básicas (português, informática,…) servir apenas como critério de desempate você vai se empenhar tanto quanto nas matérias específicas?

Tenho certeza que não.

Em contrapartida, caso também sirva como caráter classificatório o seu planejamento de estudo será totalmente diferente. Você dará uma atenção muito maior a essas matérias.

Para baixar os editais dos concursos mais desejados de engenharia basta clicar aqui. 🙂

#8 Perder Demasiado Tempo Em FórunsFóruns

Eu sei que é legal acompanhar fóruns do seu concurso.

Ver pessoas na mesma situação que você: mesmas angústias, mesma rotina e mesmo objetivo.

Adoramos conversar com elas, perguntar como estão estudando, quantas horas por dia, que materiais estão utilizando, se estão preocupadas, se a relação candidatos/vaga vai ser alta, e por aí vai…

Embora legal, você não deve perder tanto tempo com eles.

Muita gente entra em fóruns todos os dias e acabam gastando muitas horas de estudo nisso.

Entre em fóruns apenas para pegar dicas com concurseiros mais experientes ou com concursados.

Utilize-o no começo de sua preparação e depois esqueça; ou verifique, no máximo, uma vez por semana para ficar a par de qualquer novidade.

#9 Não Possuir Um Plano De EstudoPlano de estudo

Todo bom concurseiro tem um plano de estudo bem definido.

Ele sabe quais são as matérias mais importantes, prioriza o estudo e monta um cronograma organizado.

Afinal de contas, se planejamento não desse resultado você acha que as empresas nacionais e multinacionais iam gastar tanto dinheiro com isso?

É claro que não.

O mesmo vale para nós, concurseiros. Passar em um concurso público é um grande projeto, logo necessita de um plano para dar certo.

Um bom plano de estudo é um grande diferencial para quem quer ser aprovado em um concurso, mais ainda se você quer alcançar isso de forma rápida.

É seu plano que vai garantir que você avance em bloco, que programe suas revisões, que vai definir a hora de aprender, a hora de realizar simulados e até mesmo a hora que você não deve estudar para cuidar de sua saúde e socializar!

Este é um conselho dado por vários concursados.

Por isso, não guie sua maratona de estudos sem um bom planejamento. Saiba exatamente o que tem que ser feito e siga o que foi planejado. Dessa maneira suas chances de aprovação se multiplicam!

Você pode baixar minha planilha de estudos especialmente preparada para concurseiros nesse link.

#10 Desistir no meio do caminhoDesistir

“Mesmo desacreditado e ignorado por todos, não posso desistir, pois para mim, vencer é nunca desistir.” (Albert Einstein)

Infelizmente, este é um erro que ocorre com inúmeros concurseiros por aí afora. Principalmente os de primeira viagem e os que já perderam vários concursos.

Por favor, nunca desista dos seus sonhos.

Não há sentimento pior na vida do que o sentimento de culpa, de que não foi forte o suficiente no passado para conquistar aquilo que desejava para o futuro.

“Se eu tivesse feito aquilo hoje eu estaria com uma vida bem melhor…”

Não carregue este tormento em sua vida.

Acredite em você mesmo. Você é capaz!

Tenha em mente que se você não der chance para seu próprio sucesso, não será a sociedade que fará isso por você.

Assim como disse Albert Einstein, desistir não é uma opção para as pessoas de sucesso, seja em concursos públicos ou em qualquer outra área da vida. Siga o exemplo delas.

Reprovações não são o fim do mundo. Aprendemos muito mais nos erros do que nos acertos, e são nessas situações negativas que mais ganhamos experiência e nos tornamos mais fortes.

Saiba que fracassar, de verdade, não é perder, mas sim desistir.

Michael Jordan, o maior jogador de basquete de todos os tempos, disse certa vez:

“Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo… e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso.”

Quando pensar em desistir pense no mundo que você vai abdicar. Estabilidade financeira, emocional e mais tempo livre para você curtir o resto de sua vida com muito mais qualidade de vida.

Você está realmente disposto a abrir mão de tudo isso?

Não! Siga firme.

A fórmula universal para o sucesso é: fazer e acreditar.

Siga a fórmula que sua aprovação virá…E eu te digo que isso é uma certeza absoluta!

Caso você esteja se sentindo muito desmotivado para estudar sugiro fortemente que você veja o artigo a seguir: Como Acabar Com A Falta De Motivação Para Estudar Imediatamente.

Conclusão 

Estudante preparadoUfa…Me alonguei um pouco mais do que gostaria no artigo de hoje, mas finalmente terminou.

Espero que você tenha não tenha desistido e tenha chegado até o fim! 🙂

Torço para que este post tenha sido produtivo e que você corrija algum eventual erro que ainda ainda esteja cometendo para ficar super preparado para seu concurso!

Vamos recapitular:

  1. Estudar apenas em horas cheias: não olhe a hora para começar a estudar;
  2. Não fazer uma síntese do que foi aprendido: após estudar você sempre deve fazer uma síntese se quiser cravar o conteúdo na sua cabeça;
  3. Não resolver provas anteriores: a melhor hora para se testar é antes da sua prova, de preferência dezenas de vezes;
  4. Não fazer pausas durante o estudo: melhor estudar menos e aprender mais do que desperdiçar seu tempo;
  5. Estudar para vários concursos ao mesmo tempo: quem quer passar em tudo não está preparado para nada, foque em uma meta por vez;
  6. Pensar na concorrência: seu maior concorrente é você mesmo, faça sua parte e tudo vai dar certo;
  7. Não ler o edital do concursos: evite surpresas desagradáveis para a hora do resultado, leia itens como critérios de classificação e eliminação, por exemplo;
  8. Perder demasiado tempo com fóruns: deixe isso para os que não são aprovados, aproveite suas horas para estudar;
  9. Não possuir um plano de estudo: sem um plano de estudo sua preparação segue o rumo do acaso, tenha um planejamento inteligente a ser seguido;
  10. Desistir no meio do caminho: o maior fracasso que um ser humano pode realizar é desistir, não abra mão dos seus sonhos e das possibilidades que você pode conquistar. Mantenha-se sempre com a motivação elevada.

Agora me diz uma coisa…

Ficou alguma dúvida? Comente abaixo!

Ajude o EC a crescer compartilhando esta página nos botões de redes sociais ao lado ou abaixo! Leva menos de 10 segundos e você vai contribuir com a propagação de um conteúdo de qualidade. :)

Inscreva-se na lista abaixo para receber conteúdos com dicas avançadas e restritas em primeira mão!

Siga firme!

 

Grande abraço.

  • Marcel Maranhão

    Participe!

  • Valéria Chiamente

    Gostei muito deste artigo, principalmente quando você fala de estudar nas horas cheias, se não ficarmos atentos proscratinamos….Muito Obrigada!!!!